Sravanabelagola

Surpreendentemente poucos viajantes ocidentais encontram o caminho até Sravanabelagola.

Sravanabelagola é composta por dois montes e um grande tanque. Num dos montes, Indragiri (também conhecida como Vindhyagiri), encontra-se uma estátua monolítica de uma figura masculina nua de dezoito metros de altura, Gomateshvara. Sendo esta a maior escultura de uma figura na Índia, este colosso do século dez, é visível desde varios quilómetros em redor, fazendo Sravanabelagola um centro de peregrinação chave.

Atinge-se o Gomateshvara pelo lado do tanque, entre as duas colinas, subindo os cerca de 620 degraus esculpidos no granito do monte Indragiri. Os sapatos devem ser depositados na zona coberta da entrada e as mochilas num armazém próximo. Deve-se levar bastante água, pois não há nenhuma no topo do monte.

O templo é inteiramente dominado pela figura muito alta de Gomateshvara, com braços alongados e ombros exageradamente largos. As proporções são decididamente sobrenaturais. A superfície lisa da rocha de granito branco é bastante trabalhada particularmente as zonas das mãos, cabelo e cara. Como na lenda, os formigueiros e as cobras encontram-se nos pés e as trepadeiras parecem crescer nos membros.

Os monumentos em Sravanabelagola datam provavelmente do século X, quando se refere que um general Chamundaraya tenha visitado Chandragiri à procura de uma estátua Mauryan de Gomatheshvara.

Passeio de moto do club de motards “ATKINS Bikers Club – India” de Bangalore a Sravanabelagola.

Leave a comment

No comments yet.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s